segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Descrição de Nossa Senhora de Medjugorje

(Clique ou toque para visualizar o quadro)

Em 1985, o pintor belga Léopold Baijot foi a Medjugorje. Os quadros da aparição que tinham sido feitos não agradaram aos videntes, pois tinham ficado muito diferentes da realidade que eles viam. A irmã Briege Mac Kenna o viu e lhe disse: “Você não está aqui por acaso. Jesus o enviou para glorificar sua Mãe. Você fará o quadro da aparição.” O pintor, então, começou a rezar pelo quadro que faria. Fez diversas viagens a Medjugorje para interrogar os videntes e a descrição deles: “Nossa Senhora usa vestido cinza, véu branco, coroa de doze estrelas, olhos azuis, cabelos pretos.” Ele pediu a Mirjana para colocar um véu branco na cabeça da esposa dele, para ver como é em Nossa Senhora. Pediu aos videntes para escolherem qual era a cor cinza do vestido de Nossa Senhora diante de uma amostra grande de cores. É um cinza prateado, um “cinza azul”, como disse Mirjana. Pediu aos videntes para imitarem a postura mais comum de Nossa Senhora na aparição, geralmente com os braços levantados e os dedos relaxados e os fotografou. Nas aparições, os videntes disseram que Nossa Senhora reza o Pai nosso e o Glória com as mãos levantadas e também orações espontâneas a Jesus e a Santíssima Trindade nas aparições diárias que eles têm. Após os primeiros rascunhos do quadro, os videntes disseram: “As mãos mais para cima.” O pintor fez muitas perguntas aos videntes e anotou todos os detalhes. Ele pediu a Vicka para contar novamente as estrelas em volta da cabeça de Nossa Senhora. Ela disse: “De que adianta contar?” Marija aceitou contar novamente e verificou: “São doze estrelas.” Alguns dos videntes não tiveram muita esperança no quadro. Léopold Baijot perseverou com os videntes que tiveram mais boa vontade com ele: Marija e Ivan. A eles, Léopold pediu para informá-los até dos retoques que deveria fazer. Após o quadro ficar pronto em 1986, feito sempre com muita oração, todos os videntes gostaram de muitos detalhes e da posição das mãos e dos braços. E disseram que gostariam de vê-la pintada mais sorridente. É claro que o rosto de Nossa Senhora na pintura não ficou tão belo como na realidade. Mas a vidente Marija disse: “Esta é a melhor pintura, é a mais bela de todas.”