quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Aparições da ilha de Bouchard

As aparições de Nossa Senhora na ilha de Bouchard, França, aconteceram a Jacqueline Aubry, 12 anos, e sua irmã Jeannette, 7, e Robin Nicole, 10, Laura Croizon, 10.

8 de dezembro de 1947: Pelas 12h50min, Jacqueline, Jeannette e Robin vão à igreja rezar pela França que estava em grande ameaça do comunismo. Elas rezam uma dezena do Terço no Altar de Nossa Senhora. De repente, viram uma grande luz e uma Senhora bonita numa gruta e um Anjo à sua direita. Depois de 4 a 5 minutos, saem com medo e avisam às amigas Laura e Segine sobre a aparição na igreja. Laura vê imediatamente aparente. Sergine não vê. Nossa Senhora sorriu para elas. Ela tem um véu branco em sua cabeça e cabelos loiros. Seu vestido branco é bordado com ouro e cinto azul até o joelho. Tem as mãos juntas e um Terço branco com corrente de ouro. Encontra-se rodeada por uma luz. Seus pés estão em uma grande pedra retangular com rosas. O Anjo, um pouco menor que Ela, tem olhos azuis e asas cor da luz. A Senhora passa as contas do Terço nas mãos, mas não ouvem sua voz. E desapareceu. As meninas contam para os outros sobre a aparição e voltam à igreja às 13h50min. Nossa Senhora apareceu novamente, mas triste e diz: “Digam às crianças para rezarem pela França. Ela está em grande necessidade. Façam uma breve pausa após a palavra ‘França’.” Laura pergunta se ela é nossa Mãe do Céu. A Senhora responde com um sorriso carinhoso. Jacqueline pergunta quem é o Anjo. Ele olha para ela e diz sorrindo: “Eu sou o anjo Gabriel.” Nossa Senhora estende os braços para as crianças e diz: “Dêem-me sua mão para beijar.” Jacqueline estende e a Senhora se inclina e as beija. A Senhora diz: “Voltem hoje à noite às 5:00hs e amanhã à 1:00h. E desapareceu. Às 5:00hs, Jacqueline voltou à igreja. As outras três foram impedidas de entrar. Nossa Senhora vem durante o quinto Mistério e acena para a menina com o Anjo. 

9 de dezembro de 1947: Pelas 12:00hs, Nossa Senhora aparece com o Anjo do lado esquerdo, e não direito. Diante Dela estão rosas com a inscrição: “Eu sou a Imaculada Conceição.” Jacqueline pergunta se pode trazer seus amigos. Nossa Senhora diz: “Sim, mas eles não vão me ver. Beijem a Cruz de meu Terço.” Ela ficou triste e disse: “Rezem pela França, que, nestes dias, está em perigo. Vá dizer ao pároco para chegar a 2 horas. Ele deve trazer as crianças para rezar. Diga a ele para construir uma gruta, onde eu estou, para colocar minha estátua e do Anjo, eu os abençoarei. Voltem às 2 horas e 5 horas.” E desapareceu e voltou às 5 da tarde dizendo: “Cantem a Ave Maria e rezem uma dezena do Terço todos os dias.” Jacqueline pergunta se Ela virá amanhã. Ela diz: “Sim, voltem todos os dias à 1 hora. Vou lhes dizer quando isso acabará.” Nossa Senhora abençoa o povo com um Sinal da Cruz. 

10 de dezembro de 1947: Nossa Senhora disse: “Cantem a Ave Maria. Beijem minha mão.” Jacqueline pergunta se ela fará um milagre para que todos acreditem. Ela responde: “Eu não estou aqui para fazer milagres, mas para convidá-los a rezarem pela França.” E diz-lhe um segredo e desaparece. 

11 de dezembro de 1947: Nossa Senhora disse: “Cantem a ‘Ave Maria.’ Vocês rezam pelos pecadores? Eu darei alegria às suas famílias. O pároco vai construir a gruta?”  

12 dezembro de 1947: O Anjo apareceu para as crianças sozinhas. Nossa Senhora tem um halo brilhante atrás de sua cabeça e disse: “Rezem muito pelos pecadores.” Jacqueline pede um milagre novamente e a Senhora respondeu triste: “Eu não estou aqui para fazer milagres, mas para vocês rezarem pela França.” 

13 de dezembro de 1947: Jacqueline pergunta por um milagre e Nossa Senhora disse: “Depois. Eu virei amanhã pela última vez.” 

14 de dezembro de 1947: As videntes levam buquês de variadas flores. Jacqueline oferece a Nossa Senhora, mas Ela não pegou. A menina insiste e Nossa Senhora disse: “Eu beijarei, mas eu não quero levá-las. Você as levará.” Jacqueline apresenta quatro buquês para Nossa Senhora beijar e pergunta o que fazer para consolar a Nosso Senhor da dor que lhe causam os pecadores. Nossa Senhora disse: “Vocês devem rezar e fazer sacrifícios.” Jacqueline pede provas de sua presença e Nossa Senhora diz: “Antes de partir, vou enviar um raio brilhante de sol! Digam a multidão para cantar o Magnificat. Vocês rezam pelos pecadores? Rezem uma dezena do Terço com os braços cruz.” A aparição durou 35 minutos. No final, apesar do escuro, um raio de sol penetra pela janela da igreja escura e ilumina as videntes e seus buquês. E Nossa Senhora desapareceu.

domingo, 11 de novembro de 2012

Mensagens de Jesus e Natal

Jesus disse à irmã Josefa Menendez em 25/12/1923, Natal:

“Busco calor de amor e só as almas podem me dar. Procure esse calor dando-me almas. São muitas almas que te esperam. Não atrase minha obra. Se você me der almas, eu te darei meu Coração. Qual dos dois oferece o menor presente? Dá-me almas pela força do amor. Olhe que muitas se afastam. Não as deixe escapar. Pobres almas... Não as abandone.”